Localização

Parque Tecnológico da Lagoa
São Miguel, Açores

Contactos

geral@hpsl.pt
229 980 100

Objectivos Estratégicos

Atingir o Stage 7 da HIMSS

A Healthcare Information and Management Systems Society, HIMSS,  é uma organização global, sem fins lucrativos, focada na melhoria da saúde através dos sistemas de informação.

O modelo EMRAM (EMR Adoption Model) identifica os níveis de maturidade dos registos electrónicos de saúde (EMR) de um hospital, desde um departamento auxiliar limitado (Stage 1) até um ambiente EMR Paperless (Stage 7).

Neste momento em Portugal não existe nenhum hospital nível 6 ou 7. Na Europa existem apenas 3 hospitais no nível 7:

É um objectivo estratégico que o HPSL seja o primeiro ou um dos primeiros hospitais nacionais a atingir esta prestigiante distinção internacional.

Pretende-se atingir o nível 7 nos 2 primeiros anos de funcionamento. O processo de cumprimento dos requisitos será desenvolvido antes da abertura, garantido que sistemas de informação, integração de equipamentos e processos hospitalares estão todos alinhados com os requisitos exigidos.

Este objectivo terá impacto na projecção do HPSL a nível internacional.

Obter certificação de Qualidade da Joint Commission

Como forma de cumprimento e de reconhecimento pelas melhores práticas e standards internacionais, o HPSL irá submeter a unidade ao processo de certificação do sistema de Qualidade pela Joint Commission.

Ter o Sistema de Qualidade reconhecido pela Joint Commission:

  • Ajuda a organizar e fortalecer os esforços de segurança do paciente;
  • Reforça a confiança da comunidade na qualidade e segurança dos cuidados, tratamento e serviços;
  • Fornece uma vantagem competitiva no mercado;
  • Melhora a gestão e redução de risco;
  • Pode reduzir custos de seguro de responsabilidade;
  • É reconhecido pelas seguradoras e terceiros;
  • Fornece ferramentas práticas para reforçar ou manter a excelência de desempenho;
  • Alinha as organizações de cuidados de saúde com um dos nomes mais respeitados na área da saúde;

É um objectivo estratégico que o HPSL obter a certificação pela Joint Commission nos dois primeiros anos de funcionamento.

Ser uma referência internacional no Turismo de Saúde

Tal como aconteceu com outros destinos no mercado do Turismo de Saúde, como a Turquia, o HPSL pretende ser  reconhecido mundialmente como uma referência de excelência. Atingir um nível de reconhecimento internacional obriga a um plano de ação meticuloso.

O HPSL tem como objetivo, nos dois primeiros anos de atividade, identificar os nichos de atuação onde poderá ser único na sua oferta, quer pela excelência do serviço fornecido, quer pela sua singularidade, quer pelo preço.

O trabalho de promoção após os primeiros meses pós-abertura continuará até que os indicadores estabelecidos para o turismo de saúde sejam atingidos.

É um objectivo estratégico o HPSL ser reconhecido como uma referência internacional no turismo de saúde.

Ser um dos melhores centros de cirurgia experimental

Realizar eventos com frequência mensal será a maior aposta da equipa que irá promover o CCE. Este centro deverá ser sustentável, criando valor directo e indirecto para o hospital e parceiros. Pretende-se criar uma oferta que contemple a componente turística. A equipa de promoção dará todo o apoio às organizações que pretendam realizar eventos, agilizando os meios de transporte para os Açores, alojamentos, etc.

Um evento por mês seria uma meta importante para a dinamização e projecção internacional do centro, pois permitiria manter uma estrutura de pessoas afecta ao centro, promovendo-o como uma unidade autónoma do hospital.

É um objectivo estratégico do HPSL ter o seu Centro de Cirurgia Experimental como referência internacional junto da industria da saúde.

A escolha dos “médicos estrela” será vital para se atingir este objectivo, pois a sua contratação terá como pressuposto a organização de pelo menos um evento anual. Em dezenas de especialidades existentes no HPSL, com a componente cirúrgica, assegurará a criação de eventos suficientes para que os primeiro 24 meses fiquem preenchidos. Destes poderemos desde já destacar a ortopedia (4 eventos: pé, tornozelo, joelho, pulso), oftalmologia, ortodontia e a otorrinolaringologia.

Ser o hospital de primeira opção nos Açores

Indicadores de outras unidades privadas permitem-nos prever com relativa segurança que o mercado interno permitirá a sustentabilidade do HPSL. A grande barreira à procura de uma unidade privada, principalmente numa área onde não existem outras ofertas privadas de dimensão, será desmistificar o serviço privado, atraindo a população às instalações, promovendo a interação com o espaço envolvente, com o edifício e seus profissionais.

Através de eventos destinados aos diferentes públicos internos que o HPSL pretende servir, serão organizadas “operações de charme” que levem grupos de todas as regiões das ilhas, principalmente de São Miguel, ao interior da unidade. Através das escolas, dos lares, das associações, das empresas e das juntas, o HPSL promoverá dias especiais que deixarão uma marca positiva, uma boa primeira impressão, que fará claramente a diferença quando chegar o momento de decidir sobre que unidade  de saúde optar em caso de necessidade.

Paralelamente serão estabelecidos protocolos com operadores turísticos, que lhes permitirá acrescentar valor aos seus serviços, através de uma oferta de saúde qualificada. Promover a recolha de turistas junto das unidades hoteleiras e cruzeiros, usando a ambulância do HPSL, poderá ser um meio diferenciador para estas unidades.

É um objectivo estratégico do HPSL ser o hospital de referência de qualidade no arquipélago dos Açores para a população local e turistas.